Home / Cotidiano / Capoeiristas de Taboão buscam profissionalização

Capoeiristas de Taboão buscam profissionalização

Presidente da Associação dos Capoeiristas de Taboão da Serra, Colher de Pedreiro, diz que cidade está atrasada no Plano Nacional

Roda de capoeira foi realizada no plenário com a participação de alguns vereadores

Roda de capoeira foi realizada no plenário com a participação de alguns vereadores

O plenário da Câmara Municipal de Taboão da Serra foi transformado em um roda de capoeira na sessão de terça-feira, 3. Diversos representantes do esporte estiveram presentes para reivindicar a criação do dia municipal do capoeirista.

O projeto foi apresentado pelo vereador Moreira do PT, mas apresentado por Gerson Ribeiropelo, o Mestre Colher de Pedreiro, membro do Conselho Regional de Mestres do Conisud, presidente da Associação dos Capoeiristas de Taboão da Serra e secretário da Associação de Embu das Artes.

O mestre diz que a cidade está atrasada no Plano Nacional de reconhecimento da Capoiera com profissão. “Usei a tribuna da Câmara para apresentar a nossa luta, pois Taboão está atrasado. As cidades de Guarulhos e Embu das Artes já aprovaram o Dia do Capoeirista”, informou.

De acordo com o projeto de lei, que ainda não foi votado pelos vereadores, o dia será 23 de novembro. ” O Dia do Capoerista em cada cidade não será apenas uma data comemorativa e sim tem o objetivo de aquecer o nosso mercado de trabalho com eventos”, explicou Colher de Pedreiro.

Colher de Pedreiro também fez questão de salientar que a luta não tem cunho político e nem partidário. “A capoeira sempre foi apolítica, estamos buscando as portas com o Poder Público. Hoje a primeira porta foi a Câmara, pedi para o vereador Moreira trazer o projeto e fiz questão de apresentá-lo na tribuna para que não seja um projeto de apenas um vereador e sim aprovado por todos. Lutamos pela importância de ensinar o esporte e a profissionalização dos capoeristas”, justificou.

O Mestre Colher de Pedreiro mora no Jardim São Salvador e tem um projeto de capoieira na Escola Estadual Dr. Reynaldo do Nascimento Falleiros.

About Redação

Com 13 anos, o Jornal Hoje em notícias faz parte da história do Conisud, Região Metropolitana de São Paulo. o Jornal é do povo e não cobra assinatura. Não é preciso pagar para se informar. Um jornal forte, para um leitor forte!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*