Home / Destaque ! / Após denúncia de violência, Câmara cria a Comissão do Direito da Mulher

Após denúncia de violência, Câmara cria a Comissão do Direito da Mulher

Presidente da Casa, Pastor Márcio (PSC) em discurso na Tribuna da Câmara . FOTO: reprodução

A Câmara Municipal de Itapecerica da Serra decidiu incluir na Comissão da Saúde e Meio Ambiente, o Direito da Mulher. O projeto de Resolução (163/2017) aprovado por unanimidade, na sessão de terça-feira, 01, garante a inclusão. A Comissão passa a chamar Saúde, Meio Ambiente e Direito da Mulher. Para o Presidente da Casa, Pastor Márcio (PSC) a luta começou com a ex-vereadora Regina Corsini (PSDB). “A luta iniciou quando a vereadora Regina Corsini brigava para a cidade ter uma Delegacia da Mulher. Esses [atuais] vereadores resgataram esse direito e estão incluindo na Comissão de Saúde e Meio Ambiente, o Direito da Mulher que sofre com agressões domésticas e outras. Tenho certeza que avançamos”, falou o presidente durante a sessão.
A aprovação do Projeto de Resolução veio antes do pedido do Partido Democrático Trabalhista – PDT protocolar um ofício na Câmara Municipal pedindo explicações ao secretário municipal de governo, Cláudio Silvestre Rodrigues Junior. Ele é acusado de agredir duas mulheres durante eventos na cidade. Segundo o presidente do partido municipal, jornalista Mário de Freitas, o secretário teria cometido delitos que precisam de investigações. O presidente disse que usou a Lei Orgânica do Munícipio para fazer o pedido. “O artigo 60A, em seu inciso VI, da Lei Orgânica fala que os secretários deverão comparecer, quando forem requisitados, na Câmara Municipal, e prestar os esclarecimentos que forem requeridos pela Mesa Diretora, encaminhando documentos com prévia ciência do Prefeito. Nessa linha que estamos reivindicando a presença do secretário para esclarecer os fatos que ele está envolvido”, diz o presidente.
Cláudio Silvestre Rodrigues Júnior, Secretário Municipal da Prefeitura de Itapecerica da Serra foi denunciado na Delegacia de Polícia da cidade por supostas agressões em mulheres. Uma moradora de Itapecerica da Serra e policial militar afirma ter sido agredida por um dos principais auxiliares do prefeito Jorge Costa (PTB), no exercício da função, durante evento tradicional da cidade. A PM Nanci Nicolatti Tavares relata que na madrugada de 16 de julho, no espaço da 39ª Festa do Peão de Itapecerica, levou uma cusparada e um soco no rosto do secretário de Governo, Cláudio Silvestre Rodrigues Júnior, conhecido como Juninho ou Júnior, que era o presidente do rodeio.
O presidente disse que está preocupado com as agressões as mulheres e vai ingressar com algumas ações na Casa. “Vamos receber o ofício sim e encaminharemos as comissões especiais na Casa. Nós, vereadores, estamos preocupados com essas agressões. Recebemos a vítima aqui e ouvimos dela relatos impressionantes”, afirma.
Os vereadores comemoram a criação da Comissão e buscam agora a instalação a Delegacia da Mulher.

About Redação

Com 13 anos, o Jornal Hoje em notícias faz parte da história do Conisud, Região Metropolitana de São Paulo. o Jornal é do povo e não cobra assinatura. Não é preciso pagar para se informar. Um jornal forte, para um leitor forte!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*